desalinho

intervenção de bordado e pintura com tinta de tecido para coleção cápsula da marca paulista Maria Tangerina

retrato bordado

pegar fotografias digitais, e torná-las físicas
refazer todo processo que é perceber o outro e às vezes a si mesmo 
em linhas.
como no desenho. mais lento. tentar ao máximo deixar como se vê.
mas existi interferencias.
o tecido se comporta um jeito,
minha mão se expressa de outro,
a linha dá o tom.
é possível se reconhecer?
o retrato bordado é uma busca efêmera e se re-olhar.
de apender a olhar.

territórios latentes
2017 - ongoing

tive a certeza sobre os temas e como as linhas contam histórias, preservam histórias e estruturas, denunciam o descuido, e estampa a resistência.

 

a rua que tinha o mercado de frutas e casas com traços de arquitetura colonial e eclética, vai sendo esquecida. o centro de Maracanaú ainda vive em mim, traços dos dias em que ia com meu pai fazer a feira, e olhava impressionada as casas coloridas.

hoje, em linhas e pontos começo a colorir as mesmas casas que fizeram parte do que sou. e desse ponto inicio uma série dos locais de Maracanaú que mais marcaram a minha infância, antes exuberantes, cheios de vida, e hoje esquecidos.